Feeds:
Artigos
Comentários

outubro-mes-beAprende a descodificar o teu mundo

É o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).

Para 2016, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 24 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal.

O concurso de ideias “Aprende a descodificar o teu mundo” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE.

A biblioteca escolar faz parte do nosso mundo e se olharmos para ela com atenção, se percebermos o seu funcionamento, se a descodificarmos, seremos capazes de ter ideias que ajudem a torná-la (ainda) melhor.

O desafio consiste em apresentar uma ideia inovadora, que se consubstancie na criação de um produto ou ideia de melhoria de um serviço, relacionado com uma das áreas de trabalho da biblioteca escolar.

Até 31 de outubro, os alunos são desafiados a pôr a sua criatividade em ação e a apresentar uma ideia. Cada agrupamento/ escola não agrupada pode candidatar-se a este concurso, com a proposta que considerar melhor, de acordo com o regulamento anexo. A ideia vencedora, bem como os seus autores, serão premiados.

Informação retirada de: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/1813.html

Regulamento em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/np4/?newsId=1813&fileName=reg_mibe2016_.pdf

GERAÇÕES A LER+

1464680815254Um grupo de seniores da S.ta Casa da Misericórdia de Murça regressou à escola, para uma partilha de livros, leituras e experiências de vida, com os alunos do projeto Gerações a Ler+, na biblioteca escolar.

Neste singular e enriquecedor momento de partilha e simultaneamente de balanço do trabalho realizado, contamos com a presença da Coordenadora Interconcelhia das Bibliotecas Escolares, Dr.a Maritza Dias, o que muito nos honrou, por poder testemunhar o trabalho desenvolvido e o quanto este projeto foi enriquecedor no fortalecimento de hábitos de leitura e competência literacias, no estreitar e aproximar gerações e na partilha de vivências e experiências de leitura.

Foi para a biblioteca escolar e para todos os envolvidos, um privilégio abraçar este projeto e os nossos alunos vão tal como hoje, ser no futuro cidadãos aprendentes, interventores e mais responsáveis.

1464681067675

O gato“Olhos tristes, olhando uma folha de papel com uma mancha laranja, o gato negro sentia-se sozinho! Partiu com ela, saltando muros, galgando telhados. Que mancha era aquela? Foi assim que a professora bibliotecária, mediou a leitura do livro: O gato que amava a mancha Laranja, de Elza Mesquita e Ana Pereira, da editora, Vogais e Companhia, para as crianças do Jardim de Infância de Murça, no dia 23 de maio.

Um Livro destinado a consciencializar os mais pequenos para a necessidade de não se abandonarem os animais, mas sim, cuidá-los e protegê-los.

1464338576262[1]

1464338732419[1]

1464339681993[1]

No dia 25 de maio na Biblioteca Escolar, os alunos da Educação Especial, partilharam o livro: “O Som do Silêncio”, de Rosamund Lupton, com os alunos do 5.º A, a partir do vídeo em linha no Youtube. Foi um momento de partilha e reflexão para a importância de reconhecer e aceitar que todos somos diferentes.

A professora bibliotecária mediou a leitura do livro “O gato que amava a mancha laranja”, de Elza Mesquita e Ana Pereira.

https://www.youtube.com/watch?v=_DADdyUiPko

1464334204924

 

BIOGRAFIA

José Jorge LetriaJosé Jorge Letria nasceu em Cascais em l951.

Estudou Direito e História e é pós-graduado em Jornalismo Internacional. Com dezenas de livros publicados em diversas áreas, foi distinguido com importantes prémios literários nacionais e internacionais com destaque para dois Grandes Prémios da APE, dois Prémios Eça de Queirós – Município de Lisboa, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio Plural (México) e o Prix International des Arts et des Lettres (Paris).

É um dos mais destacados nomes da literatura infanto-juvenil em Portugal e autor de programas de rádio e televisão. Tem livros traduzidos em várias línguas.

Integrou, com José Afonso, Adriano e Manuel Freire, entre outros, o movimento da canção de resistência, tendo sido agraciado em 1997 com a Ordem da Liberdade.

Foi, durante oito anos, vereador da Cultura da Câmara de Cascais. É, desde Janeiro de 2011, presidente da Sociedade Portuguesa de Autores

O seu livro para crianças “O Homem que Tinha uma Árvore na Cabeça” integrou, em 2002, a lista “Books and Reading for Intercultural Education”, da União Europeia.

O essencial da sua obra poética encontra-se condensado nos dois volumes da antologia “O Fantasma da Obra”, publicados em l994 e em 2003, ano em que completou três décadas de atividade literária em livro.

É membro da World Literary Academy. Integrou durante seis anos o Bureau Executivo da Associação dos Eleitos Locais e Regionais da Grande Europa para a Cultura, tendo sido membro da Comissão de Redação do Livro Branco sobre as Políticas Culturais na Europa.

Recebeu em Novembro de 2009 o Prémio Manuel de Arriaga, instituído pela Sociedade Protetora dos Animais para distinguir personalidades individuais ou coletivas que se destaquem anualmente pelo seu contributo para a defesa e divulgação dos direitos dos animais. Foi tida em conta a ação pública do distinguido ao longo dos anos, mas também a publicação de livros como “Amados Cães”, “Amados Gatos” e do recente romance “Coração Sem Abrigo”, que tem como personagens centrais um sem-abrigo e o seu cão de companhia num contexto de solidão urbana.

animais fantásicosOs Animais Fantásticos é o livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 5.º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

“O mundo mitológico está recheado das criaturas mais fantásticas que possas imaginar (…)

Há animais verdadeiros, com existência real e comprovada, e outros fantásticos ou maravilhosos, que nasceram da imaginação humana e passaram a ter lugar cativo no imaginário poético das civilizações, nas mitologias e nos livros dos contos e das lendas tradicionais, alimentando a sede de fantasia de crianças e adultos ao longo dos séculos”.

Fonte: Wikipédia, a Enciclopédia Livre (adaptado)

CHÁ COM LIVROS

No dia 11 de maio, realizou-se na Biblioteca Escolar mais uma atividade de partilha de leituras e livros, do grupo de português em parceria com a BE.  Estiveram presentes alunos do 2.º e 3.º ciclos, ensino secundário, encarregados de educação, professores, Diretor e subdirector.

Tivemos ainda a honrosa participação da D. Deolinda e da D. Cremilde, utentes do Lar da S.ta Casa da Misericórdia, acompanhadas pela animadora Sónia, que vieram partilharam um livro connosco.

Foi uma partilha que emocionou  e que que a todos deixou satisfeitos, com um sorriso de felicidade, não só pelo  número de participantes, como pelas excelentes  mensagens e desafios que nos foram lançados.

Foi uma tarde em que, quer os participantes quer os ouvintes, todos ficamos mais ricos em conhecimento e sentimentos e com vontade de (re)descobrir os livros que nos foram apresentados.

Parabéns a todos os participantes, em especial aos estreantes, e aos docentes do grupo de português.

1463090570350[1]1463090886514[1]

DIA DA EUROPA

No dia 9 de Maio celebra-se o Dia da Europa. Os Grupos de Geografia e de Economia e Contabilidade desenvolveram, mais uma vez, o Concurso Europeu, que culminou na expGEO1osição efetuada com todos os trabalhos apresentados pelos alunos.

Este ano o tema central eram as bandeiras e os símbolos dos países da Europa.

A criatividade ficou bem patente nos muitos trabalhos que foram apresentados. O júri teve a sua tarefa bastante dificultada dada a diversidade e qualidade dos trabalhos. Estes estão expostos entre os dias 5 e 10 de maio, na BE/CRE.

 

gEO2Parabéns a todos os participantes.

 Esperamos que esta atividade contribua para uma maior sensibilização de todos acerca da importância de nos sentirmos verdadeiros cidadãos europeus, participativos de forma ativa na construção europeia e que seja mais um veículo que promova o sucesso educativo dos nossos alunos.

Marta Manuel Ribeiro de Sampaio

Delegada de Grupo